quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Dia 29 É DIA DO NHOQUE DA SORTE !!!!! (lenda e receita)





Uma tradição da cozinha italiana pode ser preparada para aqueles que querem sorte.
Existe um porque de se comer o nhoque da fortuna todo dia 29. 
É que no dia 29 de dezembro é o dia de São Pantaleão, um santo que se vestiu de andarilho na Itália. 
Conta a lenda, que ele entrou em uma casa de uma família muito pobre e mesmo assim, acabou tendo um nhoque oferecido. Era tão pouco nhoque que a família ofereceu sete pedaços para cada um. 
São Pantaleão comeu, agradeceu a acolhida e se foi. 
Quando a dona da casa voltou, ela encontrou moedas de ouro embaixo dos pratos. 
A tradição diz que deve-se comer os sete primeiros pedaços de nhoque de pé comendo e pensando os desejos diferentes para cada nhoque. 
Muitos acreditam na simpatia do nhoque da fortuna, que, a cada mês, tem mais simpatizantes, seja pela esperança ou pela oportunidade de partilhar esse momento com amigos.
Anote os ingredientes e saiba como fazer |Porção para quatro pessoas| 
Receita retirada da página do G1
Para preparar a massa
Purê de três batatas médias
1 maço de espinafre cozidos
100 gramas de parmesão ralado
1 xícara de farinha de trigo
2 ovos e 1 pitada de noz moscada
Para preparar o molho
2 xícaras de molho de tomate
1 punhado de tomate cereja
Alho picado
½ cebola
Flores de brócolis
Azeitona sem caroço e alcaparras a gosto
½ copo de azeite
½ copo de vinho branco seco
Sal, manjericão e pimenta a gosto
600 gramas de camarão médio descascado
Modo de preparo
O creme de espinafre é feito batido no liquidificador com dois ovos. Deve-se juntar o creme e o purê de batata, o queijo parmesão e uma parte da farinha (a outra parte é separada para enrolar o nhoque). Junta-se tudo, apertando com as mãos e depois é só fazer os rolinhos.
O chef Mairton Oliveira, dá a dica para encontrar a espessura certa para o corte da massa. “Cortar muito grosso não vai ficar legal, porque o nhoque é pequeno. Fazemos também, uns furinhos com o garfo para que o molho ‘pegar’ na massa”, disse. Enquanto a massa vai para a água quente, é hora de fazer o molho.
Em uma frigideira, coloca-se o azeite, o alho, a cebola e deixa refogar um pouco. Depois é só adicionar o camarão durante dois minutos. Agora acrescenta-se os outros ingredientes para dar o tempo dos nhoques flutuarem. Depois é só colocar a massa junto com o molho e servir.
Fonte da receita.
G1
História do nhoque da fortuna várias fontes de pesquisa. 

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Madrepérola

Madrepérola ou nácar é uma substância calcária, dura, brilhante, branca ou escura e iridescente produzida por diversos moluscos, especialmente os bivales. 
São o principal componente das pérola. 
Para  você saber se é uma madrepérola ou uma "plastipérola", bata levemente uma peça a outra, e o som deverá remetê-lo ao barulho das conchinhas do mar quando brincamos  na praia.



Madrepérola, também designada por nácar, é uma substância calcária, branca ou escura iridescente, rija, brilhante, produzida por diversos tipos de moluscos, especialmente os bivalves. 
A Madrepérola é o principal componente das pérolas.
Muitos de nós já observamos o interior de diferentes conchas e verificamos que é revestida de um material iridescente, brilhante, esse material é chamado de madrepérola ou nácar.
Alguns moluscos, nomeadamente a Ostra, quando algum corpo estranho entra na sua membrana epitelial, a reacção de defesa do molusco é libertar uma camada de madrepérola ou nácar que irá envolver esse corpo estranho. Este processo de deposito de madrepérola sobre um corpo estranho, é o processo que faz nascer as tão maravilhosas e conhecidas pérolas.
Quando o corpo estranho penetra na membrana do molusco, causa irritação, e para defesa liberta essa secreção isolada para calcificação similar a parte interna da concha. Este é o processo que dá origem à formação de uma pérola cujo tamanho varia de acordo com o tempo que é exposto o corpo estranho ao depósito de Madrepérola e da resistência do corpo estranho no animal e das condições climáticas do meio ambiente.
A Madrepérola e a Pérola são materiais naturais, muito utilizados na confecção de joias.

Curiosidade sobre o uso de pérola no dia do casamento:


Não se sabe quando a lenda ou tradição começou, mas usar pérola no dia do casamento representa a paciência e a capacidade de adaptação que uma casal deve ter para transformar qualquer empecilho na formação de um casal unido, companheiro e maduro. Um casal disposto a tudo para manter um amor vivo apesar dos "ciscos" do dia a dia.



Anel Prata Círculos Madrepérola






Anel Prata Círculos Madrepérola

Madrepérola 


Proteção e Riqueza 

Crenças e  mitos:
Por estar associada ao dinheiro, pode-se usar a madrepérola para atrair dinheiro, riquezas e prosperidade.
 A madrepérola (parte lustrosa do interior dos moluscos marinhos) era o meio de troca (moeda) em alguns povos como os polinésios.

Curiosidade:
Madrepérola ou nácar é uma substância calcária, dura, brilhante, branca ou escura e iridescente produzida por diversos moluscos, especialmente os bivales. 
São o principal componente das pérola. 
Para  vc saber se é uma madrepérola ou uma "plastipérola" bata levemente uma peça a outra o som deverá remetê-lo ao barulho das conchinhas qd brincamos  na praia.


"A Morte Não É Nada" Santo Agostinho


"A morte não é nada.
Eu somente passei
para o outro lado do Caminho.

Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era para vocês,
eu continuarei sendo.

Me dêem o nome
que vocês sempre me deram,
falem comigo
como vocês sempre fizeram.

Vocês continuam vivendo
no mundo das criaturas,
eu estou vivendo
no mundo do Criador.

Não utilizem um tom solene
ou triste, continuem a rir
daquilo que nos fazia rir juntos.

Rezem, sorriam, pensem em mim.
Rezem por mim.

Que meu nome seja pronunciado
como sempre foi,
sem ênfase de nenhum tipo.
Sem nenhum traço de sombra
ou tristeza.

A vida significa tudo
o que ela sempre significou,
o fio não foi cortado.
Porque eu estaria fora
de seus pensamentos,
agora que estou apenas fora
de suas vistas?

Eu não estou longe,
apenas estou
do outro lado do Caminho...

Você que aí ficou, siga em frente,
a vida continua, linda e bela
como sempre foi."

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Brinco Anzol Prata Rococó "Maria Bolota" Folia Murano Laranja




Brinco Anzol Prata Rococó "Maria Bolota" Folia
Murano Laranja

Curiosidade sobre o Murano.
A Ilha de Murano em Veneza, foi escolhida como sede industrial para a fabricação do vidro em 1291 porque em relação à Veneza recebia o vento tramontana facilitando a dispersão da fumaça no ar, não poluindo assim o ar da cidade. Um outro motivo de Murano ter sido escolhida como sede do vidro, foi pelo fato de afugentar o perigo de incêndio na cidade de Veneza. A atividade é antiguíssima, mas, o verdadeiro impulso deu-se quando Veneza entrou em contato com as oficinas saracenas da Síria, entre os séculos XI e XII. Hoje os objetos de vidro produzidos em Murano são famosos e apreciados no mundo todo. Existem peças de murano também usadas na joalheria

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Tarsila do Amaral – Percurso Afetivo 14 Fev a 29 Abr Local: 2º andar | CCBB RJ Horário: Conforme programação



Tarsila do Amaral – Percurso Afetivo


14 Fev a 29 Abr


Local: 2º andar | CCBB RJ 


Horário: Conforme programação 


Primeira exposição individual nos últimos 40 anos no Rio de Janeiro de uma das mais importantes e emblemáticas artistas brasileiras. Tarsila do Amaral tem seu nome registrado na história da arte brasileira como uma vanguardista com presença marcante no Modernismo Brasileiro envolvendo-se de forma direta nos movimentos Pau-Brasil e Antropofágico.

Complementam a exposição uma palestra-concerto e encontros com curadores.

Curadoria: Antonio Carlos Abdalla e Tarsilinha do Amaral.



http://www.bb.com.br/portalbb/page511,128,10154,1,0,1,1.bb?codigoEvento=4503

Brinco Anzol Prata Rococó "Maria Bolota" Folia Murano Amarelo





Brinco Anzol Prata Rococó "Maria Bolota" Folia
Murano amarelo

Curiosidade sobre o Murano.
A Ilha de Murano em Veneza, foi escolhida como sede industrial para a fabricação do vidro em 1291 porque em relação à Veneza recebia o vento tramontana facilitando a dispersão da fumaça no ar, não poluindo assim o ar da cidade. Um outro motivo de Murano ter sido escolhida como sede do vidro, foi pelo fato de afugentar o perigo de incêndio na cidade de Veneza. A atividade é antiguíssima, mas, o verdadeiro impulso deu-se quando Veneza entrou em contato com as oficinas saracenas da Síria, entre os séculos XI e XII. Hoje os objetos de vidro produzidos em Murano são famosos e apreciados no mundo todo. Existem peças de murano também usadas na joalheria


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Carinhoso - Pixinguinha




Há exatos 39 anos, no dia 17 de fevereiro de 1973, nos deixava um dos maiores músicos de todos os tempos – Pixinguinha -, que compôs pérolas do nosso cancioneiro como “Carinhoso”, “Um a zero”, “Rosa”, “Cochichando”, “Ingênuo” e tantos outros. Não sem razão recebeu dos amigos e admiradores o epíteto de "Santo Pixinguinha".
E, ironicamente, foi no lugar que são colocados as imagens dos santos de devoção (uma Igreja, mais precisamente a de Nossa Senhora da Paz, no bairro de Ipanema, Rio de Janeiro) que ele faleceu, numa segunda-feira de carnaval, no momento em que a famosa "Banda de Ipanema" passava desfilando na rua em frente.
Fonte:
https://www.facebook.com/Templo.Cultural.Delfos 

Pixinguinha - Rosa




Há exatos 39 anos, no dia 17 de fevereiro de 1973, nos deixava um dos maiores músicos de todos os tempos – Pixinguinha -, que compôs pérolas do nosso cancioneiro como “Carinhoso”, “Um a zero”, “Rosa”, “Cochichando”, “Ingênuo” e tantos outros. Não sem razão recebeu dos amigos e admiradores o epíteto de "Santo Pixinguinha".
E, ironicamente, foi no lugar que são colocados as imagens dos santos de devoção (uma Igreja, mais precisamente a de Nossa Senhora da Paz, no bairro de Ipanema, Rio de Janeiro) que ele faleceu, numa segunda-feira de carnaval, no momento em que a famosa "Banda de Ipanema" passava desfilando na rua em frente.
Fonte:
https://www.facebook.com/Templo.Cultural.Delfos 

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Anel Prata Oval Madrepérola





Anel Prata Madrepérola oval


Madrepérola 




Proteção e Riqueza 


Crenças e  mitos:

Por estar associada ao dinheiro, pode-se usar a madrepérola para atrair dinheiro, riquezas e prosperidade.
 A madrepérola (parte lustrosa do interior dos moluscos marinhos) era o meio de troca (moeda) em alguns povos como os polinésios.


Curiosidade:
Madrepérola ou nácar é uma substância calcária, dura, brilhante, branca ou escura e iridescente produzida por diversos moluscos, especialmente os bivales. 
São o principal componente das pérola. 
Para  vc saber se é uma madrepérola ou uma "plastipérola" bata levemente uma peça a outra o som deverá remetê-lo ao barulho das conchinhas qd brincamos  na praia.


terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Anel Prata "Glória" Jade Navete




Jade- "PEDRA DOS DEUSES" 


Do francês jade, do chinês jü ou jud, em espanhol piedra de la hijada, "pedra do flanco".


Crenças e Mitos


É a pedra sagrada da China, a história da Jade remota a mais de 5000 anos A.C., a sua importância mantém-se até aos dias de hoje na Ásia. 


Belas figuras de Buda são feitas de Jade, é uma das pedras mais apreciadas da história da humanidade. 


CONFÚCIO DISSE QUE A JADE SERVIU COMO:



 "UM LEMBRETE DA INTEGRIDADE DA MENTE E DA ALMA!"


Essa pedra proporciona maior alegria de viver e é considerada a pedra da paz interior, sono profundo, equilíbrio emocional, depressões, fertilidade, interpretação de sonhos, viagem astral.


A Jade não foi só empregada pelos chineses, na arte da ornamentação, mas, também, pelos primeiros moradores dos lagos Suíços, os Índios Norte-Americanos, os Astecas e pelos povos primitivos da Nova Zelândia. 


Essa pedra, Jade, é conhecida em toda a Ásia há milhares de anos, tendo sido utilizada pelo homem primitivo na fabricação de armas, utensílios domésticos, objetos de arte e sobretudo homenagem e culto dos deuses.




A Jade é valiosa ainda hoje por sua beleza.




FONTE:


"Bíblia Dos Cristais" JUDY HALL
"Prevenções E Curas Com Pedras" KARL STARK - WERNER MEIER

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Colar Prata com Bastão de Coral





Colar Prata 45cm com bastão Coral e prata.


Coral
Vitalidade.
Equilíbrio emocional
Proteção contra a inv.eja.

Crenças e Mitos:


Fortalece a necessidade de relacionamento e amizade, protege contra pessoas más e invejosas, diminui depressões, aumenta a energia e vitalidade.



Desde os primórdios da vida humana, os corais são mencionados em muitas lendas e respeitado como pedra da proteção.

Acreditava-se que os corais eram sangue divino relacionados à felicidade e à riqueza, e protegem de perigos diários como acidentes, falsos amigos e magia negra.

Fonte: "Prevenções e Cura com Pedras" Karl Stark e Werner Meier

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Anel Prata Quadrado Lápis-Lazúli




Anel Prata Quadrado Lápis-Lazúli

CRENÇAS E MITOS:
Esta rocha começou a ser utilizada como gema desde o período de 7000 a.C. na Índia.


Devido à sua cor era uma rocha muito apreciada pelos egípcios.

Para eles o Lápis-Lazúli simbolizava a água como elemento primordial da criação e era colocado juntamente com as múmias para substituir o coração e fazer a regeneração no outro mundo.


É preciso lembrar que os egípcios davam grande valor à vida no Além e acreditavam que precisariam do seu corpo para viverem neste mundo, razão pela qual os corpos eram mumificados e sepultados com todo o tipo de artefatos que pudessem vir a ser necessários na sua vida depois da morte.


Para além disso era considerado um poderoso amuleto e o seu pó utilizado como cosmético pelas mulheres como sombra para os olhos.


O Lápis-Lazúli não era considerado importante apenas no Egito, também na China era considerado como uma das Sete Coisas Preciosas.


Na Suméria é possível encontrar importantes vestígios da utilização desta rocha onde foram encontradas mais de 6000 estatuetas de vários animais.


Mais tarde os romanos acreditavam que o Lápis-Lazúli era um afrodisíaco, ao passo que na Idade Média era utilizado por se acreditar nas suas qualidades curativas em relação a doenças de pele.


Durante muito tempo este azul era admirado e utilizado pelos artistas.


O pó triturado desta rocha era utilizado como pigmento e era conhecido não só pela sua beleza como pelo seu preço extremamente elevado.


Este silicato além de ser muito apreciado pelos egípcios, também foi, largamente aproveitado pelos babilônicos, hindus e budistas.


Essa pedra libera rapidamente o estresse, trazendo uma paz profunda.


O Lápis-Lazúli abre o "terceiro olho". Ela estimula a iluminação e intensifica o trabalho com sonhos e as capacidades psíquicas, facilitando a viagem astral e aumentando o poder espiritual e pessoal.


O Lápis-Lazúli é uma pedra protetora que facilita o contato com os guardiões espirituais.


A essa pedra nos traz a imensa capacidade de harmonização dos níveis físico, emocional, mental e espiritual.
FONTE:

"Bíblia dos Cristais" Judy Hall





*Lápis-Lazúli consagrado a Deusa Ísis


Ísis, ou Aset, da mitologia egípcia foi a mulher de Osíris, filha do deus da terra, Geb ou Gueb, e da deusa do céu/firmamento, Nut. Era ainda mãe de Hórus e cunhada de Set ou Seth. Segundo a lenda, Ísis ajudou a procurar o corpo de Osíris, que tinha sido despedaçado por seu irmão, Seth. Ísis, a deusa do amor e da mágica, tornou-se a deusa-mãe do Egito

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Anel Prata "Glória" Navete Quartzo-Fumê




Anel Prata "Glória" Navete Quartzo-Fumê facetado
Quartzo-Fumê

CRENÇAS E MITOS:


Limpeza da aura. 

Inspiração para uma nova vida. 

Talismã de boa sorte. 

Aceitação dos desafios. 

Concentração. 

Auto-confiança.

Os antigos gregos acreditavam que os Quartzos- Fumê fossem cristais dos montes já amadurecidos. 


Os romanos usavam  como pedra de luto que, apesar das dores, proporcionava novo ânimo e uma nova vontade de viver. 


Os povos árabes honravam o Quartzo-Fumê como pedra da fidelidade e da amizade, que mudava de coloração diante de ameaças de infortúnio.

O Quartzo-Fumê é uma das pedras mais eficientes para aterrar e ancorar as energias. 

Essa pedra protetora tem uma forte ligação com a Terra.

Aterrando a energia espiritual e neutralizando vibrações negativas suavemente, esse cristal bloqueia o estresse geopático, absorve a neblina eletromagnética e facilita a eliminação e a desentoxicação em todos os níveis. 

O Quartzo-Fumê nos ensina a deixar para trás qualquer coisa que não nos sirva mais.

O Quartzo-Fumê promove o pensamento positivo e pragmático.

Fonte:

"PREVENÇÃO E CURAS COM PEDRAS"
Karl Stark 
Werner Meier

"A BÍBLIA SOS CRISTAIS"
Judy Hall

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Anel Prata "Olho" Rubi bruto facetado







Anel Prata "Olho"  Rubi Bruto  "Olho"


Acredita-se que o Rubi  traz saúde, riqueza e sucesso ao seu portador. 


LENDA:

De acordo com a lenda hindu, o rubi vermelho surgiu a partir de um diamante quando uma rainha foi assassinada e o seu sangue cobriu o diamante e todas as pedras iguais a esta. 



O Rubi  é considerado como uma das doze pedras preciosas que foram criadas quando Deus foi criar a 
humanidade. 




Fonte:
"A BÍBLIA DOS CRISTAIS"  Judy Hall

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Brinco Prata Anzol Rococó gota Amazonita 2cm



Poderosa ação filtrante.


Crenças e mitos:


A Amazonita equilibra todos os chacras.
A Amazonita limpa e equilibra os corpos astrais.
A Amazonita suaviza traumas emocionais aliviando a preocupação  e o medo. Também ameniza energias negativas e irritações.
A Amazonita abre o terceiro olho* e estimula a intuição.
A pedra do amor universal.


Fonte:
" A Bíblia dos Cristais"
JUDY HALL

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Anel Prata "Elita" Pedra-da-Lua



Anel Prata "Elita" Pedra da Lua




Crenças e Mitos:


Já no tempo dos Gregos e Romanos, a Pedra-da-Lua desempenhava importante papel e era considerada como sendo a pedra da força.


Nos países árabes, até os dias de hoje, a Pedra-da-Lua é considerada a pedra abençoada da família.


Mulheres da Índia, Siri Lanka e em todos os países árabes, mulheres costumam fixar uma Pedra-da-Lua em seus trajes, para o equilíbrio da alma e a manutenção da saúde.


Pedra dos novos começos.


Pedra para acalmar emoções.


Como o seu nome sugere, ela tem uma forte ligação com a Lua e com a intuição.


Assim como a Lua míngua e cresce, tudo faz parte de um ciclo de mudanças.


A Pedra-da-Lua  tem uma energia receptiva, passiva e feminina.


Fonte:
"A Bíblia dos Cristais" 
Judy Hall


"Prevenções e Cura Com Pedras" 
Karl Stark
Werner Meier